test

Coral leva a cultura negra aos eventos de Curitiba

Presente em eventos da cidade, o grupo é formado por pessoas de diferentes etnias e crenças religiosas

A luta antirracista e pela liberdade religiosa vem ganhando destaque com o passar dos anos. O sofrimento com a desigualdade em oportunidades de estudo, valor salarial, preconceito diário, entre outras coisas, mostra a necessidade de dar luz aos problemas que ainda estão presentes nos dias de hoje na sociedade.

Entendendo a importância de fazer com que a cultura negra e a diversidade religiosa presente em Curitiba ocupe cada vez mais espaços, o Coral Negro de Curitiba deu início a seu projeto em 2020. O grupo é composto por pessoas de diferentes etnias e crenças religiosas. Além disso, são também amantes da música, do canto e engajadas nas causas de igualdade racial, solidariedade e de gênero.

Eduardo Filho é coordenador do projeto, e para ele a valorização das raízes e identidade do povo negro em Curitiba é uma missão fundamental. Além do coral, Eduardo também possui outros projetos e busca através deles transmitir a mensagem da igualdade. “A gente vem trazendo essa mensagem de fraternidade, de integração. De que somos e fazemos parte de uma mesma raça: a raça humana”.

Dentro do coral também existe o grupo de estudos, voltado para a busca e disseminação do conhecimento através do estudo de referenciais e inferências do desenvolvimento, empoderamento e apropriação da arte e cultura do povo negro curitibano. Tudo para o resgate e o fortalecimento da identidade da Cultura Negra.

Os planos seguem a todo o vapor, incluindo livro para contar a história vivida de cada participante. Mesmo com o balanço positivo, Eduardo destaca que a missão não para. “Não deveríamos ter divisões, não deveríamos ter pessoas em situação de vulnerabilidade social. É positivo, porém ainda temos muito trabalho pela frente”, finaliza.

 

Serviço

Instagram: coralnegroctba

 

Crédito da foto: Digulgação

Compartilhe

Leia também